quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Nouvelle Vague - In a Manner of Speaking






Tenho andado distante, infelizmente, os estudos, a faculdade e tudo o resto, pouco tempo me deixam para passar por aqui. Como me disse a minha querida professora de Filosofia uma vez: "Francisco, a vida é a sério!". E tem razão!
No entanto, venho cá hoje falar um pouco de música, ou melhor dizendo, falar um pouco de uma das minhas músicas favoritas (e uma das bandas musicais favoritas), das que pertencem ao grupo de músicas da minha vida. In a manner of speaking interpretada pelos Nouvelle Vague, banda francesa que quase exclusivamente interpreta covers de grandes clássicos, de há décadas atrás, tem para mim, uma das letras mais bonitas e que mais me toca, além da melodia da música.
Vou deixar um excerto da música e o link de uma tradução de pouca qualidade, em brasileiro, mas que serve perfeitamente para perceber o sentido da letra, para quem não domina o inglês: 

 http://letras.mus.br/nouvelle-vague/353449/traducao.html 

In a Manner of speaking     
I just want to say
That I could never forget the way
You told me everything
By saying nothing

In a manner of speaking
I don't understand
How love in silence becomes reprimand
But the way that i feel about you
Is beyond words

Oh give me the words
Give me the words
That tell me nothing
Ohohohoh give me the words
Give me the words
That tell me everything

E eu gosto desta música, por falar das palavras, por ser tão metafórica, mas tão verdadeira,  como às vezes se conta tudo, sem dizer nada, olhando, estando perto, ou como outras vezes, tanto falamos, com palavras que nada dizem....

4 comentários:

  1. Boa Noite, Francisco

    do fundo da minha noite que é agora muito tempo:). Pronto, comoveu-me. A sua prof de filosofia é uma convencida; não ligue. Brinque uns bocadinhos, tire prazer do estudo, das companhias e outras coisas que não me lembro (temos que aproveitar os prazeres pequenos: são mais baratos, estão sempre nas prateleiras ao alcance de viver e acontecem diários). E.

    Estou num curso de Poesia:)) Perto de si (é como quem diz, não assim ao ladinho, mas perto)...acho que temos de combinar alguma coisa quando lhe passe o aperto:)). As saudades não podem deixar-se muito, muito para depois. Quando assim, nasce o acne; não fiquemos borbulhentos

    Quando é que o seu eu académico entra de férias? a ver se enxergo o outro lado da lua. Ou, assim como assim, podem estar os dois. Ou mais. E faremos um grupo, né?

    Beijinho e BFS!!!

    É bem sugestiva a voz da garota. Sim senhor, tem bom gosto musical. Também. E obrigada pela lyrics

    Uma de que gosto; não é apenas uma canção. E porém.


    http://www.youtube.com/watch?v=WX3UiN60Vdg Bolero de Ravel, Filme Les Uns et les Autres

    ResponderEliminar
  2. Só agora uma resposta.... Já tardia! Não é nada convencida a minha prof de Filosofia :) É uma referência para mim!

    Um curso de poesia, perto de mim? Ai, ai! Quero saber tudo! :) No final de dezembro, em janeiro e até 15 de Fevereiro estou com algum tempo disponível, por isso temos de nos ver.

    Beijinhos e obrigado pela música fantástica que me enviou! :)

    ResponderEliminar
  3. Em Janeiro. Depois digo por mail as datas e você escolhe uma. Vou enviar um mail com pormenores. Details:))

    ResponderEliminar